Especialistas na compra de consórcio

Av. Brigadeiro Luís Antônio, 1892
Bela Vista - São Paulo

(11) 3287-0052
sac@consors.com.br

(11) 96701-3031
Celular e WhatsApp

Em 2015, venda de consórcios de imóveis crescem 47%

Venda de consórcios de imóveis crescem

O consórcio é um meio de aquisição de bens que funciona com a reunião de diversas pessoas interessadas no mesmo negócio. Uma administradora organiza as pessoas e delas recebe uma quantia em dinheiro, a título de parcelas da cota de consórcio. Com os valores recebidos, aos quais são acrescidos uma taxa de administração e um valor para criação de um fundo para cobrir eventuais inadimplências, a administradora sorteia algumas cotas. Os sorteados deixam de participar dos sorteios posteriores, mas precisam continuar pagando as parcelas mensais.

A venda de consórcio cresceu tanto nos últimos anos. Isso se explica, em parte, pela grande quantidade de problemas resultantes da crise econômica e financeira que tem assolado o país. A alta das taxas de juros do cheque especial e do cartão de crédito, bem como a alta da inflação e das taxas de desemprego, fez com que o brasileiro visse diminuída sua capacidade de investimento. Nesse cenário a venda de consórcio tornou-se protagonista no mercado.

Meu consórcio foi contemplado. E agora?

Muitos se perguntam como comprar seu imóvel após contemplação . O procedimento, na realidade, é bem simples, mas exige atenção, pois são necessários diversos documentos. Quando o consorciado é contemplado ele passa a ter direito a uma carta de crédito com valor pré-estabelecido, a qual deve ser utilizada para realizar a compra efetiva do imóvel. Nesse momento o consorciado deve procurar pelo imóvel que deseja adquirir, de acordo com o valor da carta de crédito e, escolhido o imóvel, informar a administradora do consórcio a respeito.

De posse da informação, a administradora que fez a venda de consórcio irá analisar a operação envolvendo as partes e avaliar a viabilidade do negócio. Nesse momento serão necessários os documentos do imóvel, os documentos pessoais do consorciado, o contrato de consórcio e outros documentos que serão solicitados pela empresa administradora quando necessário. O procedimento não costuma demorar mais de uma semana e, quando ele estiver terminado, o consorciado poderá finalmente realizar a aquisição e registrar a propriedade no Cartório de Registro de Imóveis.

Dicas para um negócio tranquilo

A venda de consórcio é feita com a promessa de tratar-se de um bom negócio, mas para que isso realmente ocorra você precisa entender bem como o sistema funciona. É importante planejar-se bem financeiramente para evitar maiores problemas com juros e multas, pois o pagamento desses valores podem tirar tudo de vantajoso que havia no negócio. As parcelas do consórcio são pagas por vários meses, por isso é preciso analisar a viabilidade financeira de manter os pagamentos.

Outro fato importante é atentar-se para os outros gastos existentes no negócio. Quando o consorciado for contemplado e adquirir o imóvel deverá registrá-lo no cartório de imóveis. Todas as taxas envolvidas no registro não serão menores que mil reais, mesmo que se trate de um imóvel pequeno. Da mesma maneira é preciso ter cuidado no momento de declarar o imóvel adquirido via consórcio no imposto de renda, de modo a evitar gastos desnecessários com multas.

Fonte: Brasil 247

Como a Consors pode ajudar você

Quero comprar um consórcio Quero vender meu consórcio